Ferrovial Serviços ganha concurso público de exploração do aterro sanitário da LIPOR II

O contrato de exploração do aterro da Lipor II na cidade da Maia foi novamente adjudicado à CITRUP.
Ferrovial Serviços ganha concurso público de exploração do aterro sanitário da LIPOR II
2016-07-25
-
A Citrup - empresa que atualmente pertence 70% à Ferrovial Serviços S.A. e 30% à SUMA – ganhou novamente o contrato de exploração do aterro sanitário da Lipor II. O valor desta adjudicação ascende 1,7 milhões de euros e tem uma duração de três anos. 

Há mais de 15 anos que a Citrup detém a exploração do aterro da Maia. Durante este tempo foram já depositadas 448.000 toneladas de cinzas inertizadas, 589.000 toneladas de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) e tratados 121 000 m3 de lixiviados. Neste novo contrato prevê-se a deposição de cerca de 90.000 toneladas de RSU e o tratamento de 30.000 m3 de lixiviados. 

O aterro sanitário destina-se a receber os resíduos resultantes do processo de tratamento térmico e a recuperação dos resíduos existentes na central. Este aterro é uma infraestrutura essencial para o funcionamento de toda a gestão integrada  dos resíduos sólidos municipais da LIPOR. Situa-se junto à Central de Valorização Energética e ocupa uma área aproximada de 8 hectares. 

Sobre a CITRUP

A CITRUP utiliza as mais avançadas tecnologias de controle e proteção do ambiente e da saúde pública. A seu cargo estão a segurança, o controlo de entrada e saída de resíduos, o tratamento de águas lixiviantes, e o tratamento de biogás. Os sistemas de segurança incorporados neste aterro colocam esta infraestrutura ao nível das melhores da Europa.

Certificada desde Maio de 2005 em Qualidade, Ambiente e Higiene e Segurança pelos referenciais NP EN ISO 9001:2008; NP EN ISO 14001:2008, OHSAS 18001:2007 / NP4397:2008, a Citrup foi também a primeira empresa no setor de tratamento de resíduos em Portugal a ser certificada pelo referencial SA8000:2008 (responsabilidade social), desde Julho de 2006.

Em 2006 foi considerada a melhor EcoPME no projeto UERN/CCDR-Norte, promovido pela União das Associações Empresariais da Região Norte e apoiado pelo Programa Operacional da Região Norte da CCDR-N. Em Junho de 2015, nas comemorações de 25 anos do IQNET (International Certification Network), recebeu o prémio de primeira empresa no país a ser certificada pela APCER.