Sistema inovador de localização em interiores chega à Ferrovial Servicios

O Departamento de Inovação da Ferrovial Servicios Espanha concluiu um projeto piloto para iniciar um sistema de localização em interiores baseado na tecnologia da startup galega Situm.
Sistema inovador de localização em interiores chega à Ferrovial Servicios
2019-06-19
-

O sistema consegue cruzar a informação de movimento recolhida por sensores de telemóveis com a intensidade dos sinais Wi-Fi para determinar a sua posição exata dentro de um edifício, onde a cobertura do GPS é escassa ou nula. Dessa forma, não é necessário instalar uma infraestrutura extra (exceto em zonas mortas) para localizar um dispositivo móvel com uma margem de erro inferior a 3 metros.

Por um lado, a ferramenta tem uma aplicação em que o usuário se verá localizado no mapa da instalação, poderá definir um destino e ver o caminho que devem seguir até ele próprio. Por outro lado, conta com uma plataforma web onde o administrador pode consultar, em tempo real, a localização dos usuários e os históricos dos mapas. Todas as informações geradas estão disponíveis no formato CSV para que os dados possam ser descarregados, processados e integrados em qualquer ferramenta de visualização.

Esta ideia experimental ficou concluída no passado dia 30 de janeiro, após seis meses de testes nos escritórios de um dos principais clientes da empresa na província de Alicante. O sucesso do projeto foi confirmado pelo excelente funcionamento em espaços de escritórios, coberturas e em estacionamentos subterrâneos, demonstrando a fiabilidade do sistema.

Juan Vicente Ibáñez, manager na área de Alicante e Múrcia, e impulsionador da realização deste piloto, avalia positivamente o impacto que tem a nível de eficiência operativa o facto de se conhecer de forma precisa o tempo exato que se dedicou a cada atividade, assim como a concentração das atividades de manutenção em determinadas áreas.

"Graças à análise dos dados fornecidos por este sistema, a ferramenta permite-nos detetar pontos de acesso, otimizar as rotas de nossos funcionários, reduzir os tempos de pré-operação e otimizar os recursos”.
Juan Vicente Ibáñez
Manager na área de Alicante e Múrcia da Ferrovial Servicios


Essa tecnologia estará agora disponível para contratos que mostrem interesse na aplicação. É o caso, por exemplo, do atendimento ao cliente e do serviço de guia para pessoas com mobilidade reduzida no Aeroporto de Málaga ou no contrato de manutenção da Airbus, que já estão a trabalhar com o Departamento de Transferência de Tecnologia para implementação nos próximos meses.